.

.

Páginas

Featured Stories
Passando a Limpo

Portal do Vereador Eduardo Sá

Transparência e Verdade

TÍTULO 2

Frigorífico Só Carne

Produtos de 1º Qualidade

TÍTULO 3

Morimel Modas

Ande na Moda com Elegância

TÍTULO 4

OlivNet

O Mundo ao seu alcance

TÍTULO 5

Vivian Nascimentto

Clínica de Estética e Beleza

TÍTULO 6

Faculdade do Baixo Parnaíba-FAP

Telefone:(98)3471-1356 Fax:(98)3471-1955

terça-feira, 15 de abril de 2014

Governo Belezinha, a mesmice continuada e piorada?

11:51





A administração pressupõe alguns princípios que, se deixados de lado, comprometem o alcance dos resultados desejados. É possível observar que o governo de Ducilene Belezinha, ainda nem chegou ao seu final, mas está perdendo uma grande chance na história de Chapadinha, de contemplar os chapadinhenses com uma administração exemplar.


É verdade que ao assumir o executivo municipal, o atual governo encontrou uma série de dificuldades. Porém nada que impedisse o governo da "competência administrativa" de mostrar serviço.


Não há resultados significativos a mostrar ao povo. Após 15 meses de governo, Belezinha continua prometendo o que não pode cumprir. Ações prepotentes de um governo que acredita que pode tudo vem despertando a indignação do povo, tanto que Belezinha beira os inimagináveis 80% de rejeição. Sem criatividade e sem anunciar nada de novo Ducilene aposta em imitar ações do governo anterior, a mesmice continuada e piorada.


O fiasco de maior repercussão sem dúvida foi a realização de um Concurso Público que mais parece feito por amadores em trabalhar de forma honesta e correta, mas profissionais em maracutaia e enrolação. E os únicos prejudicados com a suspensão e possível anulação deste concurso, são os que mais se dedicaram e são estes que mais devem lutar por honestidade e transparência nos atos do executivo. 


Os blogs aliados ao governo comemoram a antecipação do pagamento do funcionalismo público, esquecendo-se que o governo anterior fazia o mesmo e as vezes depois de muitas reivindicações, pagava-se o Salário, Décimo Terceiro e mais ABONO.


Anunciam com pompa a distribuição de peixe, porém falta fôlego, falta ânimo. Fato natural visto que são atos repetidos sem nenhuma inovação, espero que este ano a qualidade dos peixes seja garantida.


Na área da saúde, a única coisa que o governo atual tem a apresentar à sociedade são promessas. As mesmas feitas durante a campanha eleitoral, a mesma feita ao antigo secretário de saúde, antes de Belezinha trair seu maior apoiador político Isaías Fortes, as mesmas promessas foram renovadas esse ano: Ampliação e reforma do HAPA, Construção de UPAS enfim... Só promessa.


O essencial, a valorização da política de pessoal, incrementando uma política de recursos humanos que fosse capaz de motivar, tanto os funcionários que já pertenciam à rede, quanto aqueles que fossem contratados simplesmente não aconteceram. 


Na educação, mais de um ano depois de estar no comando do executivo, o que Belezinha tem a apresentar à sociedade chapadinhense é apenas, e tão somente, escolas reformadas com uma "mão de tinta". Cores diferentes, porém os mesmos problemas estruturais antigos continuam sem previsão de serem sanados. Escolas sem água ou literalmente caindo aos pedaços, professores sendo transferidos aos gosto de pessoas mal intencionadas e despreparadas que ocupam cargo de superioridade apenas por capricho político.


O pintor está fazendo o serviço com o material que tem, e só tem tinta mesmo.




Ficando apenas nessas áreas do governo, podemos perceber que é muito pouco, ou quase nada, que o governo de Ducilene Pontes, tem a oferecer aos chapadinhenses, que depositaram uma confiança muito forte, e nutriram um sentimento de mudança no qual acreditavam, de verdade, que iria acontecer em suas vidas. 


Infelizmente, o governo Belezinha é a mesmice continuada e piorada. Uma pena!

Leia mais...

Vem aí, a Feira de Produtores do Brasil sem Miséria, dia 26 de abril na Praça do Povo

09:52







Há dois anos a COOPRAMA, Ministério do Desenvolvimento Agrário e Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome vêm trabalhando por meio de Assistência Técnica e Extensão Rural com 1040 produtores da agricultura familiar nos municípios de Chapadinha, Urbano Santos, Belágua, Mata Roma e São Benedito do Rio Preto através do Plano Brasil sem Miséria, com a inclusão dentro da Unidade de Produção Familiar de Projetos Agropecuários (Bovinocultura, Caprinocultura, Horticultura, Avicultura, Suinocultura, Produção e Beneficiamento da Farinha, Artesanato, Fruticultura, entre diversos outros), conseguindo resultados positivos e satisfatórios, até mesmo ajudando esses produtores a sair da linha considerada abaixo da extrema pobreza.


Após esses dois anos de trabalho e experiência, irá realizar-se no dia 26 de abril na Praça do Povo, a Feira de Produtores dos produtores do Brasil sem miséria, onde eles irão expor seus produtos e também comercializar.


Em vista a esse evento, convidamos a população de Chapadinha em geral para participar da feira e adquirir produtos da agricultura familiar (Galinha Caipira, carne suína, caprino, feijão verde, milho verde, hortaliças, farinha, artesanato, corante, azeite, etc) de qualidade e preço bom, e assim incentivar a produção familiar no município e região.


Será um dia divertido com a presença de danças populares e a Banda Macial SEMAS, com início as 6:30 da manhã.






Leia mais...

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Sessão Histórica: Aprovados Protestam e Vereadores Mantêm Críticas ao Concurso

19:31



Presidente Baleco Saindo Pela Frente de Cabeça Erguida 



















Em sessão agitada vereadores enfrentaram hostilidades de aprovados em concurso, mas mantiveram as criticas ao Instituto Machado de Assis e elogiaram a decisão do juiz Cristiano Simas de suspender o concurso e investigar as irregularidades até agora apresentadas.


Os manifestantes – em maioria pessoas ligadas à prefeita Belezinha - por várias vezes vaiaram os vereadores, impedindo as falas, o que obrigou o presidente a encerrar a sessão. Mais detalhes e fotos da sessão, o argumento dos aprovados, a postura de cada parlamentar e os desdobramentos da suspensão do concurso em instantes no blog. 


Foto Café Pequeno 

Leia mais...

De novo: Instituto Machado de Assis volta a aprontar

19:26





Não tem jeito mesmo. O Instituto Machado de Assis voltou a aprontar.


O referido instituto realizará o concurso do município de Chapadinha-MA, no domingo dia 16 /3/2014 e até o momento não disponibilizou o local de provas dos candidatos.


No edital consta que o local de provas estaria disponível no site a partir do dia 03.03.2014 e em outros meios de comunicação.


‘Eles não atendem e nem responde aos e-mails enviados. A prefeitura não sabe informar nada. Será um golpe, ou fraude novamente? Isso vai dar muita confusão na porta da prefeitura‘, disse a internauta Rakel Mesquita.


Cabe mencionar que o Instituto Machado de Assis realizou o concurso de Paraibano e São Benedito do Rio Preto com forte indícios de fraude.


Saiba mais:




Leia mais...

Justiça Acata Pedido de Marcelo e Suspende Concurso Público

12:12



Recorte de Trecho da Sentença 




Em decisão proferida na manhã de hoje o juiz Cristiano Simas suspendeu o concurso público da Prefeitura Municipal de Chapadinha realizado pelo Instituto Machado de Assis.  O teor da decisão e outros detalhes em instantes. 

Leia mais...

Suspeito de tentativa de assalto é linchado na Cidade Operaria

11:32





























Uma multidão se aglomerava na Av. principal da Cidade Operaria por volta das 7h30 da manha desta quinta feira (10), mais exatamente em frente ao Laboratório Cedro. Por conta do grande numero de pessoas que se juntaram no local. o transito ficou lento, quase parado nos dois sentidos.




























No meio da multidão, era possível observar o corpo de um homem de cor branca, caído no canteiro central da avenida, desfalecido e com varias marcas de espancamento pelo corpo, principalmente na cabeça.


Populares afirmaram que o homem tentou assaltar uma senhora idosa, que saia do Laboratório Cedro depois de fazer alguns exames, no momento da tentativa de assalto, a mulher conseguiu gritar o que chamou a atenção de algumas pessoas que transitavam pelo local, imediatamente o suspeito passou a ser perseguido por alguns homens, ao ser alcançado o suposto marginal foi agredido com pedaços de pau, pedras e chutes até desfalecer.


Após o linchamento o homem ficou desacordado no canteiro da avenida até a chegada da policia que demorou quase uma hora para aparecer. O homem desacordado foi jogado na mala da viatura como se fosse um animal e conduzido até o hospital Municipal Dr Clementino Moura - Socorrão -II.


A maioria das pessoas no local apoiavam e comemoravam o linchamento do suspeito, alguns mais exaltados queriam continuar agredindo o homem, mesmo o corpo já estando caído, desfalecido e sangrando.

Comentário Nosso



A atitude das pessoas comuns de “fazer justiça com as próprias mãos” tem preocupado representantes de entidades que lutam pelos Direitos Humanos, além das próprias autoridades policiais. “A Constituição garante que qualquer cidadão pode prender uma pessoa em fragrante delito. Mas a polícia deve ser chamada imediatamente. Em um caso como esse, as pessoas se tornam as agressoras. Também estão cometendo um crime”, afirmam os especialistas. 


O presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Marcos Dionísio, também aborda o risco ao qual a própria população se expõe. “As pessoas devem se lembrar que os criminosos têm quadrilha, famílias, amigos, e sabem quem foi que os agrediu. Isso pode se tornar uma tragédia, um efeito cascata”, destaca. 


‘Falha do Estado no combate ao crime explica reação’


A falta de estrutura das polícias, da Justiça e do sistema carcerário é o principal motivo da iniciativa popular de “julgar” os suspeitos e condená-los a castigos bárbaros. A população tem um sentimento de vulnerabilidade, criado por causa do fracasso da polícia e do Estado, de combater os crimes. 


A preocupação que devemos ter, é que essa prática se dissemine principalmente entre as futuras gerações. Que sociedade é essa? Que tipo de educação nossas crianças e jovens estão recebendo com esses exemplos de trucidade? Isso não é Justiça. As pessoas estão se igualando aos bandidos. De algozes, eles passam a ser vítimas, lembrando que a prática do linchamento é um crime pelo qual os populares podem ser presos. 


Há muitas criticas as ações do governo estadual, responsável pela estruturação das policias Militar e Civil. Faltam policiais, falta estrutura e investigação. Conheço casos em que apenas a polícia não consegue achar os suspeitos que estão com mandado de prisão aberto. Eles são vistos todos os dias pela família da vítima. Essa falta de estrutura acaba enfraquecendo também as outras instituições.


O Estado terá que se fazer um esforço sobre humano para que nossa sociedade volte a ter uma coexistência pacífica.



Com a contribuição do Blog do Abimael Costa

Leia mais...

Postagens populares

Quem sou eu

Seguir

 

Blog da Jane Copyright © 2010