Pages

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Concursos Prefeitura de São Luís – 2015



O Município de São Luís está com a previsão de vários concursos esse ano. Listamos alguns deles.




Para o pessoal concurseiro ir logo se preparando, uma previsão de como está o andamento de diversos concursos que serão realizados este ano pela prefeitura de São Luís:


SEMCAS – Concurso para 60 vagas de assistente social, 40 vagas de psicólogo e 05 vagas de advogado.
Esse está em processo de autorização.
Previsão: 1° semestre de 2015.


SEMED – 1.800 vagas para magistério. Atualmente está em fase de análise de impacto financeiro.
Previsão: 2° semestre de 2015.
Turma Específica do Júris Concursos – Clique aqui!





SEMAD – Em estudo para cargos administrativos com demandas gerais de todos os órgãos da Administração municipal. Está em fase de estudo de demanda por órgão/secretaria..


SEMFAZ – Concurso para auditor fiscal de tributos – está em análise de impactos financeiros. Previsão 2° semestre de 2015.


PROCURADORIA – Concurso autorizado dia 15 de janeiro para preenchimento de 10 vagas para Procurador do Município. Veja: http://www.jurisconcursosma.com.br/?p=2369
Previsão: 1ª semestre de 2015.


Além desses, há ainda a previsão de concursos para a Câmara de Vereadores, conforme matéria veiculada: http://www.jurisconcursosma.com.br/?p=2282








Estado abre inscrições para contratação temporária de mil professores






O Governo do Estado do Maranhão abre a partir de segunda-feira (26) as inscrições do processo seletivo simplificado para contratação temporária de mil professores. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo site www.educacao.ma.gov.br até às 23h59 da próxima quinta-feira (29). Todas as informações estão disponíveis no site e no Diário Oficial do Estado.


A abertura do seletivo foi determinada pelo governador Flávio Dino durante a assinatura de seis decretos na terça-feira (20). De acordo com a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, a gestão estadual está empenhando todos os esforços para melhoria da rede estadual de ensino.


“É prioridade do governador Flávio Dino, iniciar o ano letivo, com professores em sala de aula e estudantes atendidos em todos os componentes curriculares. Além disso, o governador reajustou em 15% o salário dos professores contratados, valorizando assim, o trabalho docente,” declarou a secretária.


O processo seletivo será composto pela avaliação curricular de títulos e avaliação da experiência profissional na área de docência. Os interessados devem fazer a entrega de títulos (acompanhados da ficha de inscrição gerada na internet pelo próprio candidato) na Unidade Regional de Ensino (URE), correspondente à localidade escolhida para disputa de vaga.


Com base na demanda do último seletivo, o recebimento de títulos em São Luís ocorrerá no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga. “Escolhemos o Centro de Convenções da UFMA por ser um espaço amplo e que pode receber os docentes dignamente. A categoria precisa ser tratada com respeito”, explicou o responsável pela Unidade Gestora de Atividades Meio (Ugam) da Seduc, Domingos Ferreira.


O seletivo visa atender as modalidades Ensino Médio Regular, EJA, Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (Emiep). O regime de trabalho será de 20 horas semanais. Do número total de vagas oferecidas, 20% destinam-se às escolas de São Luís e as outras 80% serão distribuídas para o interior do estado, de acordo com as necessidades regionais. As disciplinas com maiores demandas são, respectivamente, Física, Química, Biologia e Matemática.


De acordo com o cronograma, o resultado do seletivo deverá ser divulgado no início de março, uma vez que o ano letivo de 2015 começará a partir do dia 9 de março na rede estadual de ensino.


Cronograma do seletivo:

23/01/2015         Publicação do Edital
8h do dia 26/01 às 23h59 do dia 29/01/2015Inscrições no Processo Seletivo – via internet
(www.educacao.ma.gov.br)
13h do dia 27/01 às 18h do dia 30/01/2015Entrega de Títulos acompanhados da Ficha de Inscrição gerada na Internet pelo candidato.

Local: Unidades Regionais de Educação (URE’s), exceto São Luís. Candidatos da capital devem entregar a documentação no Centro de Convenções da UFMA, no Campus do Bacanga.
13/02/2015Divulgação das inscrições indeferidas
04/03/2015Homologação do Processo
Seletivo e Divulgação do Resultado Final




Data23/01/2015
Fonteascom/seduc

MP ajuíza quatro ações contra ex-prefeito de Mata Roma


Do G1 MA

Ações foram realizadas por meio da 1ª Promotoria de Chapadinha.

Objetivo das ações é garantir o pagamento de R$ 859.785,57.







O Ministério Público do Maranhão ajuizou quatro Ações Civis Públicas de execução forçada contra Lauro Pereira Albuquerque, ex-prefeito da cidade de Mata Roma, que fica a 280 km de São Luís.
O objetivo é garantir o pagamento de R$ 859.785,57 aos cofres públicos, como resultado de condenações impostas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) com base em irregularidades na prestação de contas do exercício financeiro de 2007.
As ações que foram ajuizadas pelo o promotor de justiça Douglas Assunção Nojosa, referem-se aos Acórdãos PL-TCE nº 290/2012, que impôs ao ex-gestor o pagamento da quantia de R$ 11.443,33; PL-TCE nº 287/2012, que pede a devolução de R$ 213.878,12; PL-TCE nº 289/2012, cobrando R$ 159.038,13 e ao Acórdão PL-TCE nº 288/2012, que requer o pagamento de R$ 475.425,99. Caso o ex-prefeito não cumpra com todos os pagamentos, ele terá seus bens penhorados.

CNM NÃO DIZ A VERDADE SOBRE FUNDEB. VAMOS À VERDADE...





CAPA E MANCHETE DE BLOGS LIGADOS A CNM (Confederação Nacional dos Municípios) E CONSEQUENTEMENTE DAS PREFEITURAS NÃO DISSERAM A VERDADE: 

  • Piso dos Professores subiu mais que os repasses de FUNDEB.







O FUNDEB NÃO DIMINUIU DESDE O ANO DE 2013 - QUANDO OS ATUAIS PREFEITOS TOMARAM POSSE - O FUNDEB SÓ AUMENTOU DESDE ENTÃO E EM 2015 O AUMENTO ESTÁ PREVISTO EM MAIS DE 13% EM RELAÇÃO AO ANO DE 2014: Conforme valores abaixo, com dados extraídos do site do FNDE, é fácil demonstrar que o que foi dito pela CNM quanto à diminuição do FUNDEB não ser verdadeiro:



2013
R$ 37.768.88,01
2014
R$ 43.352.383,22
2015
R$ 54.486.891,31
Total
R$ 135.607.262,54



Portanto, percebe-se que a cada ano os repasses do FUNDEB, desde 2013, data de posse dos atuais prefeitos, só aumentaram. A diferença a mais, prevista de repasse de FUNDEB para o ano de 2015, chega a mais de 13%. Com tais aumentos de repasses é perfeitamente possível pagar os reajustes do Piso Salarial do Magistério, excetuando-se os professores na folha dos 60% do FUNDEB, que tem recursos próprios, federais.





OMITEM QUE O GOVERNO FEDERAL MANDA VERBAS DO FUNDEB REAJUSTADAS PARA PAGAR TAIS REAJUSTES: Os repasses do FUNDEB desde 2013 e previsões comprovam o aumento dos valores do FUNDEB. DESDE O ANO DE 2008, QUANDO FOI CRIADO O PISO DOS PROFESSORES E A FÓRMULA DE REAJUSTE DO PISO, OS REPASSES DO FUNDEB SOFRERAM UM AUMENTO DE 119,66%, enquanto a inflação do período foi de cerca de 41%. LOGO É DESONESTO COMPARAR REAJUSTE DE PISO DO PROFESSOR USANDO O INPC, QUANDO DEVERIA UTILIZAR O REAJUSTE DE REPASSES DO FUNDEB.


ASSIM, os municípios têm reajustado o piso dos professores em percentual inferior ao que deveriam. MESMO AS VERBAS SENDO FEDERAIS. Adotando o Piso Pirata do MEC e não o Piso Legal, conforme a fórmula de reajuste contida na lei do piso. PORTANTO, NÃO É VERDADE QUE O AUMENTO DO PISO DOS PROFESSORES SEJA A CAUSA DOS PROBLEMAS NOS MUNICÍPIOS. POIS AS VERBAS FEDERAIS QUE GARANTEM O PAGAMENTO DOS REAJUSTES SÃO ENVIDAS PELO GOVERNO FEDERAL, COM GRANDES REAJUSTES CONFORME ACIMA CLARIFICADAS E REPASSADAS RIGOROSAMENTE EM DIA. O PISO É FEDERAL E AS VERBAS SÃO TAMBÉM ENVIADAS PELO GOVERNO FEDERAL.


CONCLUSÃO: Se os Municípios estão em dificuldades é por má-gestão. Basta dizer que há municípios que empregam no seu quadro de funcionários, cerca de 10% da população, quando apenas o equivalente a 2% do total da população seria suficiente para funcionar a máquina pública. NA VERDADE, A MÁQUINA PÚBLICA É TRANSFORMADA EM CURRAL ELEITORAL E AINDA VIOLANDO O INSTITUTO DO CONCURSO PÚBLICO, que daria igualdade de oportunidade a todos os inscritos e só seriam aprovados os melhores. MAS PREVALECE O APADRINHAMENTO E A APROPRIAÇÃO DA MÁQUINA PÚBLICA, NUM VERGONHOSO PATRIMONIALISMO.








Com a contribuição de Blog do Valdecy